sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Anjo Guardião: Capítulo 3: Noel é você?


Mais um capitulo pra vcs, agora os outros postarei assim que estiverem prontos para vcs meus lindos ...

Capitulo3: Noel é você?

Tentava me recompor de tudo aquilo que havia acontecido, não podia acreditar naquilo, havia magoado meu melhor amigo, uma das pessoas mais importantes pra mim mas, talvez tenha sido melhor assim, isso teria acontecido de um jeito ou de outro mesmo.
Me levantava com dificuldade, estava muito fraca, fui até uma pia e lavei meu rosto , não poderia chegar abatida em casa, tinha que me manter forte , mas como era difícil, como era difícil ouvir tudo aquilo, Noel tinha toda a razão , eu fui tola em esconder aquilo dele e principalmente sou uma burra por não ter me tratado.
Fechei a porta do consultório que Noel havia deixado aberta , sentei numa poltrona na sala e respirei fundo, se repente ouço umas batidas apressadas na porta, abri a mesma me deparando com ligth e hope me olhando preocupadíssimos ,hope entrou com tudo e começou a me examinar,já ligth já foi me pegando pelos braços me sacudindo .
_ Serah!Serah!! COMO TU FAZ ISSO COMIGO PELA SEGUNDA VEZ SEGUIDA!? – disse me dando um soco na cabeça.
_ AI!! Por que fez isso?!
_ Noel me disse que você havia passado mal e ele te trouxe aqui, Serah já não estou agüentando isso , você anda muito rebelde e misteriosa ultimamente as vezes acho que eu não vou conseguir cuidar de você.
_ o que você está querendo dizer com isso ligth? – vi hope abaixar a cabeça chorando, por que ele estava assim? Olhei para minha irmã ,a mesma estava com uma expressão tristonha, estava começando a ficar desesperada.
_ quero dizer a você, que nossos tios vão cuidar de você de agora em diante Serah – disse me abraçando, estava perplexa, como assim ?
_ mas, eles não tinham sumido ?
_ sim ,mas voltaram e eles conseguiram sua guarda no juiz, e como ligth já tem a mim como filho e eles queriam um filho .... você já sabe, eles disseram que ligth não tinha como cuidar de você por não ter experiência e por não ter boas condições de te criar junto a mim.—disse hope.
_Mas..Mas ela tem a sua guarda Hope isso já prova que ela é responsável, ligth cuida da gente muito bem ela tem sim condições de me criar! – disse desfazendo seu abraço.
_Serah se você estiver mesmo doente , você deve ir pra lá ,eles terão melhores condições tenta entender .
_ NÃO ! EU NÃO QUERO! EU QUERO FICAR COM VOCÊS! QUANDO PAPAI MORREU VOCÊ PROMETEU CUIDAR DE MIM! – gritava com meus olhos marejados ,indignada e triste, podia ver o mesmo nos olhos de minha irmã.
_ desculpe Serah mas é o melhor .
Esbarrei nossos ombros e sai correndo dali, não poderia ouvir mais nada! Não queria acreditar , justo quando as coisas já estão feias elas pioram, essa autora me odeia mesmo,não sabia pra onde ir, não tinha ninguém com quem falar , ninguém pra desabafar, a única pessoa que me entendia estava com raiva de mim, quer saber que se dane! Perdão pela palavra mas, já que não verei ele novamente preciso falar com ele mais uma vez, e vai ser agora.
Corri pra casa e peguei minhas coisas, tinha um plano em mente, coloquei tudo em uma mochila, peguei minha arma em forma de arco e pus nas costas ,pulei com tudo da janela , subi no telhando do vizinho tentando me lembrar do caminho da casa de Noel, observei tudo atentamente e achei, ficava ao leste, comecei a pular pelos telhados até chegar perto da casa dele , olhei para um prédio era lá , não ia muito pra casa dele mas com certeza era lá , peguei uma flecha e enrolei uma corda na mesma , prendi no arco e atirei, pegou próximo a janela ,me segurei na corda e subi até lá , entrei pela janela desengonçada, nunca tinha invadido a casa de ninguém principalmente de Noel, morria de medo dele me expulsar de lá a patadas, estava tudo muito escuro, tinha perdido a visão ali, nem a lua iluminava aquele quarto, já estava apavorada, de repente algo toca em meu ombro.
_AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI! MEU DEUS!! – apontei meu arco em direção ao nada desesperada.
_ QUE...QUE...QUEM ESTÁ AI?! – disse olhando pra tudo quanto foi lado apontando o arco .
_ eu, quem você esperava encontrar aqui? – do nada as paredes todas ficaram transparentes abrindo espaço para a luz da lua entrar no recinto, era lindo , completamente lindo, fiquei sem fala observando tudo ao meu redor.
A luz da lua tinha um lindo contraste com todo o quarto parecia que um era feito para o outro, como se o quarto fosse feito de partes da lua , tudo tão brilhante , mágico, olhei em direção ao garoto que me olhava fissurado , me espantei com tal beleza, aqueles olhos azuis mais brilhantes que a cor do céu estavam assustadoramente hipnóticos , podia ver as nuvens pelos seus olhos, a luz da lua refletia em seu rosto e seus cabelos castanhos balançavam ao vento, era divino, completamente divino, uma das coisas mais lindas que já havia visto , o olhava maravilhada, parecia um mortal insignificante apreciando um deus perfeito, não conseguia parar de fitar aqueles olhos azuis, podia ver o universo inteiro dali , o mesmo ficava parado apenas me observando, parecia uma escultura moldada pelos anjos, meus cabelos balançavam com o vento que adentrava por todo canto da casa , aquele era Noel? Como? Ele estava tão diferente tão... lindo, não conseguia mais pensar em nada,muito menos se aquele ser era Noel pois estava encantada, como um pescador no mar quando ouve uma canção das sereias, quando o pescador vira a pesca, não tinha como descrever aquilo, aquela sensação , aquela paisagem,era real? Era um sonho? Havia batido a cabeça no caminho? Meus olhos estavam encantados com tudo aquilo, nunca presenciaram algo assim antes, meu corpo todo estava estático , sentia arrepios nele todo, não me dei conta de quando e como Noel estava ali na minha frente, não havia me assustado com sua aproximação repentina , estava completamente encantada.

Vê-lo ali tão perto de mim, foi uma sensação única, meu coração batia forte, batia num ritmo de uma sinfonia que não era ouvida pelos ouvidos mais sim pelo coração. Suas mãos vagavam levemente pelo meu rosto pálido e maravilhado, fechava os olhos com seu toque, nunca tinha sentido algo como aquilo antes, me sentia embriagada pelo seu cheiro, seu toque, pela visão que meus olhos presenciaram e pela musica que soava em minha mente,ele aproximou nossos rostos, meu coração palpitava fortemente , sentia minhas pernas bambas, umas borboletas se formavam em meu estômago, uma sensação única, suava frio, o que ele iria fazer? Quanto mais ele aproximava nossos rostos mais desesperada ficava, já podia sentir sua respiração quente em meu rosto gelado , ele segurou meu queixo e beijou minha testa, não conseguia mais me manter em pé com tudo aquilo , minhas pernas fraquejaram feio dessa vez, quando ia cair senti seus braços me segurando e me encostando em seu corpo quente, ouvia as batidas de seu coração , estava no mesmo ritmo que o meu,não agüentei e cai em um sono profundo.

Até mais meus amorekos

7 comentários:

  1. Acabei de ler o capitulo 2 e o 3, tenho que dizer que estão muito boas...
    Estou ansioso pelo próximo...

    ResponderExcluir
  2. Oi eu adorei os textos^^ vc escreve muito bem!
    Eu deixei um comentário lá em parceria tá, depois vc vai lá ver^^

    Há e como faço para copiar o link do seu banner?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obg fofa, pode deixar vou ver sim, pr coloca-los é so add a imagem sou meio nova em links e não sei por rsrs

      Excluir
  3. Nossa, tá muito lindo seu blog, amei!
    Com carinho, Gaby /  GQCA

    ResponderExcluir